Total de visualizações de página

domingo, 4 de novembro de 2012

QUE SENTADA GOSTOSA!!! E AI FALTA VOCÊ AGORA. VEM SENTAR! E AI VAI QUERER? 
DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTATO.




SENTA NA MINHA PIKAP

terça-feira, 4 de setembro de 2012


Jean Wyllys lança nota de repúdio contra anúncio da organização Pró-Vida Pernambuco que equipara a homossexualidade a pedofilia e prostituição

5 de setembro de 2012
By 
Como 2º vice-presidente da Comissão de Inquérito (CPI) de Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e homossexual assumido que tem orgulho de sua orientação e escolhas, não posso deixar de manifestar minha indignação com o anúncio publicitário veiculado na Folha de Pernambuco nesta terça-feira, 4, que vem gerando polêmica e repúdio de vários segmentos da sociedade e também da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transsexuais (LGBT) ao equiparar o “homossexualismo” (sic) à pedofilia e à prostituição com o suposto “objetivo de combater o turismo sexual” em Recife.
Em primeiro lugar, não existe o “homossexualismo”, mas a homossexualidade, que é uma orientação sexual, como a heterossexualidade e a bissexualidade, nem melhor nem pior, apenas diferente. Portanto, comparar a homossexualidade à pedofilia ou à prostituição é exatamente o mesmo que comparar essas últimas à heterossexualidade: um absurdo. E comparar a prostituição — que é, para muitas pessoas, uma profissão exercida de maneira absolutamente legal e sem afetar os direitos de ninguém — com a pedofilia — que é um crime cometido contra crianças — é outro absurdo. O perigo do turismo sexual está na exploração sexual e no tráfico de pessoas – sejam adultos ou menores – que são crimes gravíssimos, mas o anúncio mistura tudo com o claro objetivo de associar esses crimes horríveis a grupos sociais específicos. Isso se chama calúnia.
A organização religiosa responsável pelo anúncio, Pró-Vida Pernambuco, ao disseminar a mensagem criminosa e homofóbica, se torna cúmplice dos crimes de ódio motivados por homofobia que matam um/a LGBT a cada dois dias no Brasil, além de contrariar os princípios fundamentais da Constituição Federal de 1988, dentre os quais está promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação(parágrafo 4º do artigo 1º).
Caso a organização não saiba, 80% dos abusos sexuais cometidos contra crianças e adolescentes ocorrem dentro do ambiente familiar – e não por homossexuais, simplesmente por assim o serem, como o anúncio tendenciosamente busca mostrar para a sociedade. Desta porcentagem, a maioria das ocorrências policiais sobre crimes de assédio e abuso de menores recaem sobre homens heterossexuais acusados de assediar meninas de 4 a 14 anos.
Estes dados são dados oficiais da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, com mérito científico baseado em pesquisas, não apenas um anúncio infundado que tem como clara intenção desqualificar a comunidade LGBT ao relacionar o que nada mais é do que uma expressão da sexualidade humana – assim como o é a heterossexualidade ou a bissexualidade – com o turismo sexual e a pedofilia (esta, sim, um distúrbio).
Também prestou um desserviço à comunidade a Folha de Pernambuco, que colocou as questões comerciais acima dos direitos fundamentais da população, desconsiderando por completo o Código de Ética dos Jornalistas, que, desde 1987 quando entrou em vigor no Brasil, coloca os veículos de comunicação sob a responsabilidade jurídica de adequar textos que possam difamar, caluniar ou injuriar pessoas.
O anúncio diz ”Não queremos ‘homossexualismo’ em Pernambuco”. Será que o jornal publicaria um anúncio dizendo “Não queremos judeus em Pernambuco” ou “Não queremos negros em Pernambuco”? Eles ainda não perceberam que é a mesma coisa?
Não podemos mais deixar que palavras sejam proferidas de forma irresponsável e inconsequente. Elas alteram uma História, moldam uma sociedade e qualificam ou desqualificam populações. Quem não se lembra do incidente da Escola base, no qual vários órgãos da imprensa publicaram acusações de que um casal de pedagogos numa escola em São Paulo estariam abusando de suas alunas e alunos. As acusações se provaram infundadas, mas certamente a vida e a reputação desse casal jamais será a mesma.
Associar a orientação sexual de um grupo que constitui mais de 10% da população brasileira com uma prática criminosa como a pedofilia é também um crime e precisa ser visto e tratado como tal.
Nossa assessoria jurídica está avaliando se há como Interpelar o jornal judicialmente. Enquanto isso, cabe, a cada um de nós cabe não propagar sse tipo de crime, que só se alimenta da propagação. Se achar conteúdo desse tipo, encaminhe às autoridades.
Fonte: http://jeanwyllys.com.br/wp/nota-de-repudio-contra-anuncio-da-organizacao-pro-vida-pernambuco-que-equipara-a-homossexualidade-a-pedofilia-e-prostituicao

domingo, 25 de março de 2012

OLHA QUE DELICIA......VOCÊ QUERIA ESTA NO LUGAR DELE??? ME FALA  VAI....!!!
PURO SABOR DE MEL


ATÉ O TALO SEM DEIXAR QUASE NADA PRA FORA

SABOREANDO A CABEÇA

ALUCINADO QUANDO SENTIU O GOSTO DA CABEÇA...SE ANIMOU E MANDOU VÊ!!


QUIS MAIS QUE EXPERIMENTAR O SABOR!!! QUIS SENTIR DENTRO.

FOI SÓ ENTREGAR-SE PRA SENTIR O MAIS SUBLIME PRAZER!!

TODO DENTRO...E PEDINDO MAIS !!!

MAIS!! MAIS!! MAIS!!! AIIIIIII QUE BOM!!!

quinta-feira, 22 de março de 2012

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Homofobia mata!!

EM BREVE VOU ORGANIZAR AQUI UMA CAMPANHA CONTRA A HOMOFOBIA! 

NADA DE ESTUMILAR A VIOLÊNCIA CONTRA HOMOFÓBICOS !!




MAS NÃO DÁ MAIS PRA SUPORTAR TANTA GENTE MORRENDO, APANHANDO E SENDO HUMILHADA!


PORTANTO, 

"DESPREZE, AFASTE-SE, NÃO CUMPRIMENTE, ISOLE UM HOMOFÓBICO!"

"VOCÊ QUE É DONO DE UMA EMPRESA, NÃO CONTRATE E, SIM,  DEMITA FUNCIONÁRIOS HOMOFÓBICOS"

" VOCÊ QUE É GAY, NÃO COMPRE PRODUTOS E/OU SERVIÇOS DE EMPRESAS QUE TENHAM FUNCIONÁRIOS HOMOFÓBICOS"

ATENÇÃO

HOMOFOBIA NÃO É SÓ VIOLÊNCIA FÍSICA!

ISSO TRATA-SE DE ALGO EXTREMO.
 É A EXPOSIÇÃO DE SENTIMENTOS DE ÓDIO GUARDADOS. FRUSTRAÇÕES!

HOMOFOBIA É TAMBÉM CONCORDAR COM PENSAMENTOS SOCIALMENTE CONSTRUÍDOS DE QUE GAYS NÃO PODEM SER AFEMINADOS, NÃO PODEM SE EXPRESSAR DE OUTRA FORMA QUE NÃO SEJA ATRAVÉS DAS MASCULINIDADES HEGEMÔNICAS ESTABELECIDAS PELA NOSSA SOCIEDADE! OU SEJA, HOMEM DEVE SER MACHO - ARROTAR NA MESA, NÃO LAVAR, NÃO PASSAR, NÃO COZINHAR, NÃO VESTIR ROSA, ETC!

GAYS TAMBÉM, E MUITAS VEZES MAIS AINDA, SÃO HOMOFÓBICOS.

HOMOFOBIA É UM SISTEMA QUE DEVE SER DERRUBADO! 

ESTÁ SOLIDAMENTE SUSTENTADO POR PENSAMENTOS EQUIVOCADOS DE HETEROS E HOMOSSEXUAIS, HOMENS E MULHERES, JOVENS E IDOSOS, BRANCOS E NEGROS!

AGUARDEM O CARTAZ DA CAMPANHA!!